A morte da Rapunzel

Ilustração de Walter Crane, 1899

Cortei o cabelo, cortei não, raspei o cabelo com a máquina.

Sim.

Eu.

Sozinha.

Com as minhas próprias mãos.

Matei a rapunzel de madeixas longas e cacheadas que existia em mim.

Mas esta não foi a primeira vez que fiz isso. O estranho é que eu, na minha inocência, por estar em Berlim e ver um monte de mulheres com este tipo de cabelo-sem-cabelo, achei que estava tudo bem e o novo corte ia passar batido.

Haha! Engano meu car@s leitor@s!

Acho que nunca vi na vida tantas pessoas me perguntando porque cortei o cabelo!

Lili fazendo a Britney

Perguntam, por perguntar, porque vejo nos olhos de quem pergunta que a resposta é: Lili raspou o cabelo porque ficou louca igual a Britney Spears ou porque deve estar com câncer.

E essas mesmas pessoas ficam horrorizadas quando escutam que eu raspei o cabelo porque eu quis e com as minhas próprias mãos. É como se uma vida sem cabeleireiros que custam 80 dinheiros fosse impossível.

Metamorfose ambulante

Pois vou te contar uma coisa: eu raspei o cabelo porque o cabelo é meu e eu faço o que eu quiser. Se tem uma coisa que gosto de fazer nessa vida é mudar o meu cabelo. Este cabelo não tem novidade nenhuma, pelo menos pra mim e pra quem me conhece há algumas décadas.

Já usei o corte joãozinho quando eu tinha 15 anos, depois de novo aos 19 e aos 24.

Meu cabelo já foi curto, já foi comprido, já foi cacheado, já foi liso, já foi castanho, preto, vermelho e roxo, já teve luzes, já teve sidecut, já teve undercut, já teve franja e agora, para espanto da sociedade que não deixa as mulheres envelhecerem, meu cabelo está ficando branco. Vivam com isso e cuidem de seus cabelos!

Cabelo expressão e política

Penso que cabelo é uma forma de expressão, é um jeito de mostrar ao mundo quem você é e o que você pensa. Hoje vejo várias mulheres largando a progressiva e deixando seus cabelos naturais ou assumindo um belo black power e ainda assim muitas pessoas ou empresas se acham no direito de dizer como um cabelo tem que ser pra ser considerado bonito.

Seu cabelo segue a sua personalidade e muda conforme a fase na vida em que você está e você é a única pessoa que pode dizer se está bonito ou feio.

Minha atual fase me exige praticidade e velocidade de resposta. Nada melhor do que não ter cabelo pra estar sempre pronta 🙂

Eu tenho a impressão de que as pessoas tem medo de mulheres de cabelos curtíssimos porque não sabem o que elas estão tramando com o tempo livre delas já que não estão hidratando, umectando, restaurando, tingindo ou alisando os seus cabelos. (Nada contra, na verdade adoraria ter tempo pra tudo isso também, mas estou gastando esse tempo escrevendo agora.) Sem falar que imagina o que uma mulher que raspa o próprio cabelo pode fazer!

Sério! É uma mulher muito segura de si, muito corajosa, muito desapegada e com muito estilo. Se ver uma na rua CORRA! Dela ou pra ela 🙂

Vida nova, cabelo novo

Dessa vez, ao cortar o cabelo, de novo, o que senti foi LIBERDADE!

Desde que deixei o Brasil e cruzei o oceano tenho sofrido com essa água daqui #1stWorldProblem

A água tratada que sai das torneiras tem muito calcário, o que deixa o PH da água muito alcalino e resseca pele e cabelo.

No Brasil a minha pele era oleosa e aqui é tão seca que preciso usar hidratante no rosto. Coisa que antes eu considerava pecado.

O mesmo com o meu cabelo. De repente me vi escrava de cremes de hidratação, nutrição e restauração, óleo de coco, vinagre e calendário capilar. Além de virar a louca que lê rótulo de todos os produtos capilares.

Sorry! But I have other priorities in my life.

Cabelo zoado

Quando decidi cortar o cabelo até pensei em doar pra alguma instituição que faz perucas para mulheres com câncer. Afinal, elas perdem os cabelos, não é uma escolha, mas o fato é, apesar de parecer bem em fotos meu cabelo estava bastante danificado por conta de descoloração e tingimento. E cabelo para fazer perucas precisa ter no mínimo 15 cm, o que não era o meu caso.

Vai passar

O mantra da vez. Essa fase e esse cabelo vão passar. Cabelo cresce. Veremos o que eu vou resolver fazer depois. Enquanto isso a minha fantasia de Halloween deste ano já está mais do que escolhida 🙂

ELEVEN.jpg

Agora deixando o sarcasmo e a ironia de lado vou incluir aqui uma galeria com fotos de mulheres lindas com seus cabelos curtíssimos só pra ver se vocês mudam de ideia quanto a toda mulher ter que ter cabelo comprido pra ser maravilhosa 😉

Vou deixar também 2 vídeos inspiradores da Julia Petit contando como foi quando ela cortou aquele cabelão ruivo perfeito dela 🙂

Cabeleireiro na Alemanha

E pra quem está na Alemanha e quer cortar o cabelo, mas não sabe onde dê uma olhada neste site www.treatwell.de ele te ajuda a encontrar um salão perto de você pelo preço que você quer pagar.

Publicado por Lili

Leia também www.berlili.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: